Mulher segurando laço cor-de-rosa da campanha Outubro Rosa de prevenção ao câncer de mama

O que é o Outubro Rosa?

Ano após ano, todo mês de outubro é a mesma coisa: lacinhos rosa começam a aparecer por toda a parte, monumentos do mundo inteiro são enfeitados por iluminação cor-de-rosa, artistas se vestem de rosa ou exibem o lacinho em suas roupas… Mas, afinal, para que serve tudo isso?

O movimento conhecido como Outubro Rosa é uma campanha de conscientização criada para chamar a atenção das mulheres e da sociedade atual sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama (e, mais recentemente, também sobre o câncer de colo do útero).

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), apesar de ser o segundo tipo de câncer que mais acomete as mulheres brasileiras (ficando atrás somente para o câncer de pele), o câncer de mama está entre os tipos mais tratáveis da neoplasia, especialmente com diagnóstico precoce e tratamento adequado. Além disso, ainda de acordo com o INCA, 30% dos casos da doença podem ser evitados apenas com adoção de hábitos saudáveis simples, como praticar exercícios físicos regularmente e evitar o consumo excessivo de álcool.

No Brasil, o objetivo da campanha Outubro Rosa 2018 é fortalecer as recomendações do Ministério da Saúde para o rastreamento e o diagnóstico precoce do câncer de mama e desmistificar conceitos em relação à doença. Confira os principais alvos da campanha atual de acordo com o INCA:

  • enfatizar a importância de a mulher conhecer suas mamas e ficar atenta às alterações suspeitas. Saiba mais.
  • informar que para mulheres de 50 a 69 anos é recomendada a realização de uma mamografia de rastreamento a cada dois anos. Saiba mais.
  • mostrar a diferença entre mamografia de rastreamento e diagnóstica. Saiba mais.
  • esclarecer os benefícios e malefícios da mamografia de rastreamento. Saiba mais.
  • informar que o Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. Saiba mais.

Lembrando que a informação é sempre o melhor remédio e a melhor vacina! Confira também  uma lista de hábitos simples que ajudam a diminuir os riscos de câncer de mama.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *